Skip to content

Toda faca DEVE ser uma faca de sobrevivência?

Toda faca tem que ser uma faca de sobrevivência? Toda faca deve estar preparada para cortar lenha, partir pregos ao meio, cortar correntes, separar cabos de aço, furar e cortar chapas de ferro?

Tenho acompanhado pela internet, uma crescente (quase uma mania) de vídeos de facas cortando pregos e correntes. Será que uma faca rachar um prego no meio é um indicador de qualidade?!?!

Porque uma faca NÃO precisa cortar pregos, corretes e cabos de aço?

1 – Existem ferramentas que realizam estas tarefas de forma muito mais eficiente

Toqueses, alicates de corte, serras de arco, serras tico tico, dentre outras, cortam pregos, cabos de aço e correntes que é uma beleza!! E por um custo mais baixo que adquirir uma faca especial de sobrevivência. É ilógico pensar que uma faca seja uma ferramenta adequada para realizar esse tipo de tarefa.

2 – Carregar um martelo e uma bigorna (ou algum objeto para aparo) é pesado e complicado 😀

Ironias à parte, com ferramentas adequadas para corte de metal, você não vai precisar carregar uma bigorna e um martelo para executar essas tarefas.

3 – Cada lâmina tem a sua finalidade

Se você tem um canivete no seu E.D.C. (objetos do dia-a-dia) e ele não corta pregos e cabos de aço, fique tranquilo. No geral, não precisamos nem da metade disso. No meio urbano, a necessidade de corte é muito pequena. Usar uma lâmina com um aço “mais mole” ou “mais duro” não fará diferença. No meio rural, para a maioria dos casos, um bom facão utilitário dá conta do recado.

Existem lâminas, canivetes, facas, estiletes e uma INFINIDADE de instrumentos de corte, destinadas as mais variadas funções e atividades, lâminas para corte de couro (sapataria), corte de carne (açougue), facas para entalhe de madeira, corte de tecido, corte de plástico e borracha, serrilhadas, para caça, militares e táticas, e etc. etc.

4 – Poucas pessoas ficam expostas a situações extremas

Se você não faz parte dos Navy Seals, Comandos, PARA-SAR, dentre outras tropas de elite, você NÃO precisa de uma faca de sobrevivência. Sejamos razoáveis. Sua lâmina tem que cumprir (e deve!) o objetivo com folga, mas não exagere. Você só está perdoado se for um fabricante (Cuteleiro) ou um entusiasta viciado em lâminas (estou advogando em causa própria 😉 ), mesmo assim, o seu uso será muito aquém do que ela pode fazer. Será um mero artefato de coleção ou exibição.

Dica Final

Quer uma faca boa? Defina o uso da faca, após isso, procure um bom cuteleiro nacional! Sim, aqui mesmo no Brasil temos excelentes cuteleiros artesanais que vão te ajudar e a faca dará conta do recado!

Faca sempre. おす!

Published inCutelariaSobrevivencialismo

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *